21 de julho de 2014

Muita emoção na 4º Etapa da Mitsubishi Lancer Cup

 

 

Diferente das provas anteriores, as duas baterias realizadas, uma de manhã e a outra a tarde, tiveram muitos “pegas” e disputas acirradas, levando ao publico presente muita emoção. Logo de manhã, no treino classificatório, Elias Jr, bateu o recorde do Lancer no Velo Città com 1:44.086,  e para completar ele venceu de ponta a ponta a primeira bateria, sem dar chance aos adversários. "A prova foi muito boa. Consegui fugir das confusões, o segundo e terceiro colocados começaram a disputar a posição e abri boa vantagem", comemorou o piloto.
 
Sérgio Alves e Bruno Mesquita completaram o pódio. Seguindo o protocolo, a segunda prova o grid é invertido e Elias Jr. largou na oitava posição. Após algumas voltas, infelizmente ele precisou abandonar, após uma colisão com outro competidor. Depois de 25 minutos de prova, o primeiro a cruzar a linha de chegada foi Paulo Pomelli, da categoria Lancer RS Master, destinada a pilotos com mais de 45 anos. Por conta disso, o primeiro lugar na Lancer RS foi de Sergio Alves, que segue na liderança do campeonato. E para fechar com chave de ouro na Lancer R, Fernando Ewerton fez a dobradinha, venceu as duas etapas e disparou no campeonato. O piloto tem agora 197 pontos, contra 160 de Luiz Santiago e 159 de Eduardo Viscardi. Seu irmão, Felipe, se aproxima do terceiro colocado e agora tem 153 pontos.
 
Vale lembrar que nesta etapa da Lancer Cup, ocorreram duas estreias, com os pilotos Cristian Germano e Marcio Bassi.  A quinta etapa da Mitsubishi Lancer Cup, Fun Day e do Lancer Evo Day será realizada no dia 16 de agosto, no autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu (SP). Queremos deixar aqui um abraço para toda a equipe Mitsubishi, em especial para Thiago Padovanni, Ingo Hoffmann, Eric Darwich e Cesar Urnhani. Parabéns pela organização deste incrível evento.

*Evento a convite MMC do Brasil
*Fotos: Mariana Zavarizi / Fernando A. De Gennaro





 
 
 
 


 
Ingo Hoffmann, Eric Darwich e Fernando A. De Gennaro
 
 
Cesar Urnhani e Fernando A. De Gennaro
 

Fernando A. De Gennaro e Thiago Padovanni

Avaliação – Audi A3 Sedan 1.8 TFSI S Tronic 2014



 
Sempre gostei de veículos sedans compactos, eles costumam ser ágeis e ao mesmo tempo oferecem conforto aos ocupantes, além de espaço no porta-malas para evetuais viagens em família. Estes detalhes eu consegui encontrar no novo Audi A3 Sedan. Medindo apenas 4.45 m de comprimento, 15 cm a mais do que a versão Hatch(A3 Sportback - 4 portas), suas linhas são muito similares ao do modelo A4.

Visto por fora, o novo A3 sedan revela linhas atuais e modernas, que seguem o DNA da marca. Na dianteira o destaque fica por conta da tradicional grade dianteira, com as argolas cromadas da marca ao centro, além do teto curvo, que remete aos modelos cupês. A linhas laterais são mais “limpas”, com vincos lineares e contínuos.Já a traseira curta conta com lanternas com desenho futurista, e dotadas de luzes LEDs. E por falar em traseira, o porta malas pode levar até 425 litros de bagagem,45 a mais que no A3 Sportback e 60 a mais que no modelo de três portas.No interior temos que exaltar a posição de dirigir, com uma sensação de esportividade e não cansa o motorista em viagens longas graças aos bancos, com destaque ao do motorista que possui mais de 12 regulagens elétricas. Já para quem vai atrás, o espaço é reduzido, o que também poderia ser melhor.

Fora esses detalhes que podem até passar despercebido por algum consumidor distraído e empolgado com o modelo da Audi, o A3 sedan é recheado de tecnologia e modernidade, entre elas destacam-se: o sistema multi-mídia Infotainment, que possui tela de 7” polegadas que se emerge do topo do painel, ou opcionalmente o A3 Sedan pode trazer ainda um sistema ainda mais avançado, Multimedia Interface – MMI, que possui HD de 40 GB para armazenamento de músicas e informações, além de sistema de navegação completo, DVD, e um touchpad no painel na qual o usuário pode “escrever” por meio de toque, letras e números, tornando a inserção de dados no sistema mais pratica e segura. O modelo que avaliamos contato com fabuloso motor 1.8 TSI, capaz de desenvolver 180cv e um torque de 25.5 kgfm, o propulsor trabalha em conjunto com o acertado câmbio automatizado de dupla embreagem S-Tronic de sete velocidades. Este conjunto mecânico permite que o A3 Sedan tenha ares de esportivo, com números muito bons em termos de desempenho, indo de 0 a 100 km/h em 7.3 segundos e velocidade máxima de 235 km/h, de acordo com a montadora. Seu comportamento dinâmico éexcepcional, assim como a calibração da suspensão, que deixa o motorista bem à vontade para abusar da sorte nas curvas mais fechadas.

Falando em esportividade, o A3 Sedan possui um sistema chamado “Audi Drive Select”, ou seja,  um sistema eletrônico, que permite ao motorista escolher através de um botão no console central os diferentes modos de condução, estes modos alteram por exemplo a suspensão, a resposta do acelerador e o peso e assistência do volante, o câmbio S-Tronic por sim só possui os modos de operação: Comfort, Auto, Dynamic, Efficiency e Individual, nos modos manual ele permite que o motorista faça as trocas de forma manual seqüencial através de paddle-shift – borboletas atrás do volante.Teste todos estes recursos na estrada e cada um deles correspondeu com muita excelência. O ronco do motor abrindo a “turbina” é sensacional. A suspensão acaba sofrendo um pouco no solo brasileiro, mas achei ela muito macia. Outro item que me despertou curiosidade no A3 Sedan e que merece destaque é o baixo consumo, graças a injeção direta e uma mecânica apurada neste bloco 1.8, este motor consegue um incrível consumo combinado (estrada/cidade) de até 17.8 km/l.

Custando pouco mais de R$ 116.400 para a versão básica, vale a pena ter este sedan de “mão cheia” compensados com uma boa dose de equipamentos, entre os itens oferecidos pela Audi. Em sua versão completa Ambition o valor sobre para R$ 126.400. Importado da Hungria para o Brasil no começo de 2014, começará a ser fabricado no Paraná no segundo semestre de 2015.Entre seus concorrentes diretos estão o Mercedes-Benz CLA e o Volvo S60.
 
Fotos: Fernando A. De Gennaro





 


17 de junho de 2014

Autódromo Velo Città - 3ª Etapa da Lancer Cup




A equipe do Blog De Gennaro Motors esteve presente na cobertura da 3ª etapa da Lancer Cup, realizada no Autódromo Velo Città em Mogi-Guaçu-SP. Um dos autódromos mais bonitos e bem organizados que já estivemos presentes. Realmente poder participar e fazer a cobertura deste espetáculo é sempre um prazer enorme.  Para começar bem o dia, o piloto Bruno Mesquita venceu de ponta a ponta a primeira prova.  Mas, na segunda prova, largando em oitavo por conta do grid invertido, Bruno não teve a mesma sorte. Após um toque em Sergio Alves, o piloto acabou penalizado com um drive through, fez uma prova de recuperação e terminou na sexta colocação. Já na categoria Lancer R, Fernando Ewerton lidera com folga após vencer as duas provas deste sábado. Posso dizer que a cada etapa a Lancer Cup está mais competitiva e cheia de emoção, trazendo resultamos incríveis e proporcionando o máximo de adrenalina tanto para os pilotos como para os telespectadores. Fora a Lancer Cup, foi realizado também o Fun Day para clientes Mitsubishi e a Evo Day para os proprietários de Lancer Evolution. A quarta etapa da Mitsubishi Lancer Cup, Fun Day e do Lancer Evo Day será realizada no dia 19 de julho, no autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu (SP).
 
*Evento a convite da MMC Motors do Brasil
Fotos: Luciano Canadas / Fernando. A De Gennaro

 

 




 

Avaliação/Teste - Mini Paceman S 1.6 2014

 
 
Rápido, gostoso de dirigir e com um estilo esportivo que esbanja elegância, o Mini Paceman S demonstra toda a exclusividade que um Sport Coupe pode ter. O dinamismo das linhas e suas superfícies curvadas estão ainda mais presentes nas suas qualidades esportivas e ao mesmo tempo, elegantes, através da linha que passa pelo teto e segue até a traseira. Este é um esportivo que por onde você passa não deixa de ser notado e desperta a curiosidade de qualquer um.
 
Sobre a parte interna, tudo foi muito bem elaborado, com base nos critérios de estética da que foram adaptados especificamente para este modelo, deixando o interior agradável ao olhar e ao toque, pelo uso de materiais de boa qualidade. No centro do painel temos o velocímetro junto com o conta giros, chamando bem a atenção de qualquer pessoa que senta no veiculo.
 
A sensação de estar dirigindo um Kart também é notada nesse pequeno “foguetinho inglês”, o que torna ainda mais prazeroso a dirigibilidade e a vontade de estar sempre atrás do volante. Sob o capô destaca-se o motor 1.6 Turbo de 184Cv que faz de 0 a 100 km/h em menos de 7s5 e alcança uma velocidade máxima de 230 km/h.
 
O propulsor é bem elástico e dá a sensação de sempre pedir mais pressão do pé direito. Em conjunto está o bem escalonado câmbio automático de seis velocidades que pode ser utilizado também no modo manual e esportivo, onde as trocas das marchas podem ser feitas através do paddle-shift localizado atrás do volante.  Mas tudo isso tem um preço e custa caro, o Paceman S sai a R$ 147.950, um valor bem elevado para um carro que nem é tão luxuoso assim, além de ser compacto. Mas para quem tem dinheiro sobrando, é um brinquedo bem interessante para se divertir.
 
Fotos: Fernando A. De Gennaro / Mark Smith
 
 
 

 
 
 
 

2 de junho de 2014

Avaliação/Teste – Nissan Altima SL 2.5 16V X-Tronic CVT 2014

 

Após o surgimento dos veículos SUV’s, muitas montadoras optaram começaram há diminuir um pouco o os lançamentos de veículos sedans por conta do mercado. Mas atualmente, este mercado de sedans tem voltado a ter procura e está voltando a ganhar vida no Brasil. As variações de modelos são grandes, assim como seus respectivos preços. Está semana vamos mostrar uma opção bem interessando de um sedan de grande porte, o Nissan Altima. Fabricado no Tennese, Estados Unidos, o sedan desembarca no Brasil em uma única versão denominada SL.
 
O design é o ícone da nova identidade da marca japonesa, colocando em jogo a ousadia e conservadorismo com linhas mais retas, proporcionando um olhar mais clinico e diferenciado. Mas este sedan ao mesmo tempo em que conserva o apelo de um carro de luxo e possui o lado esportivo e atraente. Debaixo do capotemos um motor 2.5 16V a gasolina de 182 cv equipado com o câmbio  X-Tronic CVT de 6 velocidades. Ele responde muito bem nas saídas e retomadas, tendo também o auxilio do modo Sport no câmbio, deixando as trocas de marchas mais curtas e o giro do motor mais alto.  
 
Sua dirigibilidade é fantástica, por ter as dimensões grandes, nas entradas e saídas de curvas você sente o carro na mão, lembrando que a suspensão é independente nas quatro rodas. Para o consumidor que busca um carro grande para viajar com a família o espaço interno está garantido pelo entre-eixos de 2.775 mm e o porta-malas que possui cerca de 436 litros. Unindo os equipamentos de sofisticação e tecnologia, eles fazem parte do pacote. Uma dessas tecnologias é um sensor instalado em pontos estratégicos do veículo,  responsável pelos sistemas de monitoramento de ponto cego, detector de objetos em movimento e monitoramento de mudança de faixa.
 
Outro item que chama a atenção é o display colorido personalizável com tela de 7″, onde são exibidas informações do computador de bordo e sistemas de áudio, monitoramento da pressão dos pneus e instruções da navegação por GPS. Quanto ao acabamento interno, este é outro destaque que não podemos deixar de avaliar. As peças possuem encaixes perfeitos e a sensação de refinamento dos materiais é notável. O sistema de som é fornecido pela Bose oferecendo um áudio de alta qualidade. Outro item curioso são  os bancos extremamente confortáveis, resultado da tecnologia “Zero Gravity”, desenvolvida em conjunto com a Nasa. Trata-se de uma espuma que se molda o formado do corpo dos ocupantes. Para o motorista os ajustes são elétricos, mas os da direção são feitos pela tradicional alavanca. O volante revestido de couro, enquanto os botões integrados são de fácil manuseio.
 
Outro detalhe que chama a atenção é o sistema de abertura das portas e ignição do motor sem chave. No Altima também existe a possibilidade de fazer a partida pode de forma remota pela chave I-Key. De série ele traz: direção elétrica, ar-condicionado digital de duas zonas com saídas para o banco traseiro, bancos de couro, regulagem elétrica do banco do motorista, teto-solar, controle de velocidade de cruzeiro (piloto automático), abertura e ignição sem chave (sistema I-Key), sistema de som Bose com nove alto-falantes, tela multimídia de 7″ sensível ao toque e navegador por GPS, além de aquecimento para os bancos dianteiros e volante.
 
Diversos outros itens de segurança também fazem parte do pacote como: controles de estabilidade e tração, , aviso de mudança de faixa e monitoramento da pressão dos pneus, além dos freios ABS e seis airbags (frontais para motorista e passageiro, laterais e de cortina). Atualmente o Altima é dos veículos sedans mais vendidos nos EUA e da mesma forma a marca japonesa pretende fazer aqui no Brasil. O preço de R$ 99.800 é muito  atraente pelo que o Altima entrega ao consumidor.

*Fotos: Fernando A. De Gennaro
*Veículo cedido gentilmente para avaliação pela Nissan do Brasil





 

13 de maio de 2014

Com Ingo Hoffmann no Autódromo Velo Città

Durante a 2ª Etapa da Lancer Cup no Autodromo Velo Città, no último sábado (10) tive o prazer de encontrar com meu amigo e multicampeão Ingo Hoffmann para ele autografar o meu exemplar (LIVRO - INGO) no qual recomendo a leitura para todos os amigos e amantes do automobilismo
 
Segue abaixo os locais de venda em todo o Brasil: Livaria Saraiva, Livaria Cultura, Livraria da Vila e Disal.
 
Um abraço !!!!
 

 

12 de maio de 2014

Pura adrenalina na 2ª Etapa da Lancer Cup



Bruno Mesquita com seu Lancer Evo
 


Grid de largada sendo formado
 
No último sábado o Autódromo Velo Città recebeu mais uma etapa da Lancer Cup. Com diversos convidados assistindo no deck, ouvimos muitos comentários de que está foi à etapa mais emocionante e disputada onde os pilotos tiveram muita perícia nas ultrapassagens. O piloto Bruno Mesquita mostrou que ele está dominando a Lancer Cup. Nos treinos de sexta-feira já havia feito a melhor volta no treino classificatório ele registrou o recorde de 1:44,3 considerado o melhor tempo de um Lancer na pista do Velo Città. Largando na pole na primeira corrida, Bruno dominou de ponta a ponta, não dando chance aos adversários.

 
Todos preparados para largar
 
Na segunda prova, com grid invertido, ele largou em oitavo e travou uma dura batalha com Sergio Alves, terceiro colocado até então, e depois com Paulo Pomelli, pela vice liderança. A apenas três voltas do fim conseguiu fazer a ultrapassagem e ficou em segundo, mas ainda estava longe do primeiro, Eduardo Souza Ramos, que acabou tendo problemas a apenas uma volta do fim e a vitória caiu no colo de Bruno. "Foi um fim de semana muito bom, estou bem centrado e bem tranquilo. Fiquei muito feliz", comemora o atual campeão da prova. "Estou conseguindo ficar um pouco mais tranquilo. Na hora da largada a perna dá uma tremida ainda, não tem como", afirma.  Mesmo assim, Sergio Alves segue na liderança do campeonato, com 85 pontos, empatado com Fabio Viscardi. "Para quem estava assistindo, foi bem emocionante", comentou Sergio, que marcou um terceiro e um segundo lugares. "Com o grid invertido, larguei em quinto e sabia que tinha que ir pra frente, mas os que vinham atrás de mim também queriam a liderança. Foi uma largada onde tive que tomar muito cuidado.
 
Prova muito disputada e com várias ultrapassagens
 
Quando fui para terceiro, foi o melhor momento da prova. Mas estou de olho no campeonato, e continuo na liderança", disse. Na categoria Lancer RS Master, o piloto Paulo Pomelli venceu as duas provas. "Como venho do rali, tenho mais habilidade quando o carro ‘escorrega’. Então percebi como era difícil para os outros pilotos me ultrapassarem. Estou muito feliz, foi muito legal. O dia de hoje foi excepcional", disse.
 
Lancer R
Na categoria Lancer R, comemoração em família dos irmãos Fernando e Felipe Ewerton. Cada um venceu uma prova. "Os dois ganharem no mesmo dia é muito bom. Na segunda bateria duelamos o tempo inteiro e acabei levando o melhor", disse Felipe. "Foi mérito só dele mesmo", brincou Fernando, que disse que não facilitou para o irmão. Na Lancer R Master, vitória de Renato Favatti nas duas provas.
Fun Day
Em sua segunda etapa, os proprietários de Lancer, ASX e Outlander se divertiram no Fun Day, uma prova de regularidade na pista do Velo Città, onde o objetivo é manter-se no tempo estipulado pela organização.
 A vitória foi dos amigos Heitor Soares Bezerra e Gustavo Ferraz Pereira, de Divinolândia (SP), que participaram do evento pela primeira vez e correram a bordo de um Lancer. "Foi maravilhoso, não tem nem como explicar. Tem que vir e participar porque é muito divertido, vale a pena", contou Heitor. "Na primeira bateria, tivemos uma pontuação alta e depois nos concentramos mais na regularidade, e deu certo." 
Evo Day
Os proprietários do Lancer Evolution aproveitaram o dia de sol e desfrutaram de toda a potência e tecnologia de seus carros na pista do Velo Città em três baterias de 30 minutos. Como novidade deste ano, o participante que for o mais regular marcando seu melhor tempo nas três baterias, recebe uma premiação especial.  "É uma alegria a mais essa premiação", comemora Juarez Soares, de Itapira (SP). "É a paixão pela velocidade. No nosso caso, uma união familiar, pois andamos meu pai e eu. Adoramos a marca, o carro, o esporte. E é uma maneira de relaxar o estresse do dia a dia", completa.
 
Próxima etapa
A terceira etapa da Mitsubishi Lancer Cup, Fun Day e do Lancer Evo Day será realizada no dia 14 de junho, no autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu (SP).
A Mitsubishi Lancer Cup tem patrocínio de Lubrax, BTG Pactual, Pirelli, Columbia, Armura e Petra. Mais informações no site www.mitsubishimotors.com.br, no Facebook Mundo Mit (www.facebook.com/Mundomit), no site do Autódromo Velo Città (www.autodromovelocitta.com.br) e no site da Ralliart Brasil (www.ralliartbrasil.com.br).
 
Fotos: Fernando A. De Gennaro / Marlon Cruz

*Evento a convite da Mitsubishi Motors do Brasil